Roça sem Fogo



Sistema alternativo de preparo de área sem a utilização do fogo com o sistema de derruba e queima sob o ponto de vista dos custos econômicos em função das facilidades e dificuldades na execução de suas operações.

O preparo da área consiste em demarcar a área a ser plantada, seguido do corte da vegetação rente ao solo, retirada da lenha, rebaixamento da galhada e plantio das variedades de plantas da Amazônia como cupuaçu, castanha e mandioca.

A queima da vegetação tem sido a base dos sistemas de produção praticados pela agricultura na Amazônia, sendo a principal fonte de emissão de gases de efeito estufa na região. As queimadas resultam em danos a biodiversidade, muitas vezes invisíveis para a maioria das pessoas, mas, que causam grande impacto no ambiente devido desequilibrar os ciclos de nutrientes do solo como o nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio e enxofre. O Projeto Uirá desenvolvido pelo Instituto de Divulgação da Amazônia apoia esta iniciativa e implantou de maneira experimental na Fazenda Uirá o sistema agroflorestal de Roça sem Fogo para obter maior nível de produção das culturas de cupuaçu, castanha-do-Brasil, açaí e outros gêneros de frutos e madeiras.




GALERIA DE FOTOS – PROJETO UIRÁ


Plantio de castanha na capoeira – Local Castanha Grande no Projeto Uirá




Cupuaçu no Projeto Uirá




Toras de Acapu no Tapiri da Onça – Projeto Uirá